Segurança: critério fundamental ao escolher uma escavadeira

Segurança: critério fundamental ao escolher uma escavadeira

Como os itens de série da linha X3E da Link-Belt podem ter evitado um acidente grave no Chile

As escavadeiras são máquinas potentes que desempenham papel fundamental em projetos de construção e escavação. São usadas em diversos tipos de aplicação, incluindo terrenos irregulares e demasiadamente inclinados. Devido aos riscos inerentes às atividades em que são empregadas e à forma como são operadas, estão sujeitas a tombamento. Por isso, é importante escolher máquinas que garantam a segurança do operador.

A cabine das escavadeiras Link-Belt série X3E é robusta, espaçosa e conta com as duas certificações ROPS e FOPS nível 1, cumprindo assim com os padrões estabelecidos pela Organização Internacional de Padronização.

A certificação ROPS (Rollover Protective Structures) visa proteger o operador em caso de capotamento da máquina, que pode ocorrer em várias situações incluindo operações em terrenos inclinados, instáveis ou acidentes envolvendo colisões. A certificação ROPS é fundamental para a segurança dos operadores de escavadeiras, pois fornece a eles uma linha de defesa em caso de acidente.

A certificação FOPS (Falling Object Protective Structures) protege o profissional em caso de queda de objetos sobre a máquina. Na operação de escavadeiras em construção, mineração e outros contextos, pode ocorrer o deslocamento de pedras e materiais e o risco de cair algo sobre a cabine, é significativo.

Os equipamentos da série X3E possuem ainda monitor LCD de sete polegadas, que mantém o operador conectado à máquina e ao ambiente de trabalho, além de cinco pontos de iluminação que proporcionam visibilidade clara para prevenir acidentes e garantir a eficiência da operação.

De acordo com o Gerente de Suporte ao Produto da Link-Belt Brasil e América Latina, Rafael Antonio, um sistema de câmera de segurança oferece também visibilidade ampliada das áreas ao redor da escavadeira e auxílio em manobras, prevenindo colisões. Ele explica ainda que as escavadeiras X3E são mais fortes e duráveis em comparação às da linha anterior da marca. “As máquinas X3E contam com uma nova estrutura mais reforçada, com lança, braço e link da caçamba em HD para serviços severos e pesados. Possuem chassi inferior de carro longo fabricado com material de alta resistência e com design que contribui para a manutenção reduzindo o acúmulo de material. Todas essas características contribuem para deixar o equipamento ainda mais seguro”, reforça Rafael.

Em janeiro deste ano, um acidente envolvendo uma escavadeira Link-Belt modelo 210X3E, causou grande susto na cidade de Maule, no Chile. O operador trabalhava na preparação do solo de uma área bastante acidentada de plantio de pinheiros, quando a

escavadeira despencou de uma altura de 150 metros e capotou várias vezes. Surpreendentemente, o operador saiu caminhando de dentro da cabine, sem nenhum ferimento. Por sorte e também os acessórios de proteção, podem ter evitado algo mais grave.

Conforme Relatório de Acidentes da fabricante preenchido pelo profissional que operava a escavadeira, a proteção da cabine, os reforços de rodas e as tampas inferiores da máquina foram determinantes para diminuir a gravidade do acidente.

O equipamento ficou ainda um mês parado no local onde ocorreu a queda. No momento de retirá-lo da cratera, foi acionada a partida e o mesmo saiu rodando, funcionando normalmente, e não precisou ser rebocado com auxílio de outro veículo.

A empresa responsável pelo serviço na área de cultivo de pinheiros no Chile possui três equipamentos Link-Belt e, para o proprietário, apesar do susto, a queda serviu para confirmar a segurança da escavadeira da marca. Conforme declaração no Relatório de Acidentes, a máquina não sofreu grandes deformações, o cinto de segurança funcionou de forma impecável e ele acredita que deve a preservação da vida do operador às características do equipamento.